10 critérios de avaliação do MEC que dependem do ERP educacional

Tempo de leitura: 7 minutos

Uma boa avaliação do MEC impacta muito mais que na liberação legal das atividades na instituição de ensino.

Ter cursos bem avaliados pode ser um fator decisivo, tanto para a entrada de alunos quanto para a sua retenção, especialmente se a IE souber usar isso em campanhas de marketing

Nas avaliações, o ERP educacional está presente de forma direta e indireta, influenciando praticamente em todos os âmbitos da avaliação.

Nesse artigo, a Gennera separou 10 critérios de avaliação do MEC que dependem ou se interrelacionam com o sistema de gestão educacional.

Atividades Complementares

Nos cursos das Instituições de Ensino Superior, devem ser cumpridas atividades complementares, que podem ser palestras, aulas e outros. Cada curso pode oferecer a quantidade de horas que achar necessário, desde que não ultrapasse 10% da carga horária prevista.

Para facilitar o gerenciamento do aluno e da própria instituição, o sistema de gestão educacional deve ter a opção para o cadastramento das horas complementares.

Quando o ERP possui essa função, há mais chances de boa avaliação do MEC.

Biblioteca Virtual 

O instrumento do MEC permite que as bibliotecas sejam virtuais, não precisando da compra física dos livros. Existem diversas empresas que oferecem esse serviço, como por exemplo a Minha Biblioteca, a Saraiva e a Pearson.

É importante que o ERP educacional tenha integração com essas bibliotecas, permitindo que o aluno acesse a partir do sistema, sem precisar digitar seus dados novamente para o acesso às plataformas.

Além de facilitar a vida dos acadêmicos, essa função do sistema possibilita à IE gerar diversos tipos de relatórios, como por exemplo quais são os livros mais procurados, os cursos que mais utilizam livros etc.

Uma biblioteca virtual com Padrão MARC 21 é bem vista pelo MEC, e com certeza impacta na avaliação!

Disciplinas

O sistema deve permitir que, no cadastro das disciplinas, possa ser escolhida a modalidade: se vai ser presencial, à distância ou no formato híbrido.

Além disso, deve fazer o cálculo para que, na montagem da grade, os cursos no formato presencial não ultrapassem os 40% permitidos pelo MEC.

Estágio

O estágio pode ser obrigatório ou não, dependendo do curso da Instituição.

Podemos citar os seguintes tipos de estágios:

  • Estágio curricular supervisionado Obrigatório: para cursos cujas DCN preveem o estágio supervisionado.
  • Estágio curricular supervisionado: relação com a rede de escolas da educação básica Obrigatório para licenciaturas.
  • Estágio curricular supervisionado: relação teoria e prática Obrigatório para licenciaturas.

 É importante que o sistema tenha, nativamente, uma área para o cadastramento dessas horas de estágio, poupando trabalho da secretaria e evitando perda de dados.

Grades

O sistema deve permitir o cadastramento das grades dos cursos oferecidos pela Instituição, permitindo alterações na grade, equivalências de disciplinas, disciplinas eletivas, carga horária das disciplinas que podem ser presenciais ou à distância.

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)

 O AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) é imprescindível em uma realidade de ensino híbrido e à distância.

A plataforma deve permitir a interação entre professores, tutores, discentes e docentes, e quanto mais completa, melhor será avaliada.

O AVA do Gennera Academic One, por exemplo, é nota 5 no MEC: nativamente integrado a todas as outras interfaces do sistema, a plataforma evita retrabalho para inserir dados de forma duplicada, e ainda possibilita a geração de relatórios, compartilhamento de arquivos e controle de presença.

Professores 

O Sistema Educacional deve ter uma para cadastro de informações referentes ao professor, tanto para facilitar a gestão interna quanto a avaliação do MEC.

Ter as informações dispostas e acessíveis ajuda a gerenciar as exigências, e garantir que, nos quesitos conhecidos e previsíveis, a IE terá nota máxima.

  • Tempo de trabalho do professor: o tempo deve ser lançado de modo que seja dividido entre o atendimento aos alunos e eventuais participações em colegiados. Para a formação do Núcleo Estruturante, por exemplo, todos devem possuir tempo integral ou parcial, com 5 integrantes, onde pelo menos 20% devem estar em tempo integral, e 60% dos professores precisam ter formação Stricto Sensu.
  • Experiência Profissional: para que possam apresentar exemplos contextualizados com relação a problemas práticos, a experiência profissional conta na avaliação do MEC. 
  • Titulação do corpo docente: que será utilizada para o cálculo do IQCD (Índice de Qualificação do Corpo Docente) no instrumento de autorização do MEC.
  • Produção científica: Para alcançar a nota máxima em relação a produção acadêmica no Instrumento do MEC, 50% dos docentes devem possuir no mínimo 9 produções nos últimos 3 anos – e é importante que o ERP controle esse dado.
  • Experiência em docência EAD: Caso a Instituição trabalhe com ensino a distância, tendo cursos autorizados nessa modalidade ou cursos híbridos, a instituição recebe nota por ter professores com experiência no ensino online.
  • Docência no Ensino Superior: quanto mais experiência o professor tiver, mais fácil ele irá promover ações que permitam identificar as dificuldades dos alunos. – Por isso, o MEC avalia esse quesito.

Conteúdo 

As instituições disponibilizam materiais didáticos aos seus alunos, através de uma plataforma de Ensino, sendo obrigatório para aquelas que oferecem Ensino a Distância.

O material pode ser produzido pelos próprios professores ou adquirido pela Instituição, sendo que existem várias empresas que oferecem esse serviço.

O sistema Educacional deve permitir que os professores disponibilizem esse conteúdo através do AVA, e caso a Instituição opte por comprar o material de uma empresa, esse material deve ser integrado ao AVA.

Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

Alguns cursos, de acordo com as suas diretrizes, trazem a obrigatoriedade do Trabalho de Conclusão do Curso, e é importante que o sistema educacional permita o cadastro dos orientadores por curso, e permitam que os alunos optem por um deles.

Os trabalhos, com a devida autorização do professor orientador e do aluno, devem ser disponibilizados no sistema da biblioteca, que deve estar integrado no sistema educacional.

Diploma Digital

O Diploma Digital passa a ser obrigatório a partir deste ano.

O ERP educacional deve permitir que os dados dos alunos sejam cadastrados junto aos seus documentos, para que sejam gerados dois arquivos XML e a representação visual: um para ser enviado aos alunos e outro para direcionar ao MEC.

Dessa forma, o diploma pode ser consultado através do site da instituição ou no site do MEC.

Conclusão

Além de todos os critérios citados, é importante que o sistema permita que sejam cadastradas pesquisas a ser aplicadas aos alunos, professores e o corpo técnico-administrativo.

A tabulação de dados precisa trazer os resultados da avaliação, para que a IE possa realizar a autoavaliação institucional.

A CPA (Comissão Própria de Avaliação) é uma comissão interna, formada por professores, alunos e representantes do corpo técnico-administrativo, sendo um instrumento anterior à avaliação do MEC, e sua efetividade garante que os gaps sejam identificados e corrigidos antes da vistoria.

Assim, as chances de sucesso e boas notas são muito maiores.

O Gennera Academic One preenche todos os requisitos citados nesse artigo, e por isso é um dos sistemas líderes do mercado, com recorrentes avaliações positivas do MEC.

Por ter o SAP Business One nativamente integrado, a base de dados é confiável e rastreável, sendo bem-visto não só pelo Ministério da Educação, mas pelas maiores auditorias empresariais do mundo.

Mais que ganhar uma boa nota na vistoria, sua instituição de ensino ganha em qualidade, lucro e eficácia ao ter o Gennera Academic One.

Quer descobrir como?

Converse com um dos nossos consultores e mergulhe no Universo Gennera!

Sobre Blog Gennera

A Gennera tem mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de soluções acadêmicas e financeiras destinadas exclusivamente ao ecossistema de educação, sendo pioneira e líder nas plataformas de gestão educacional online (cloud computing).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.